sexta-feira, 27 de dezembro de 2013

Perguntas



Seria então de palavras,
trêmulas tais como chamas de velas,
que ao descrever a forma,
sorriria em mim tua presença
em contornos tão lúcidos
quantos os toques e afagos desejados?

Seria então dos sons que corre ao longe,
como cachoeiras rompendo o espaço
e passos sentidos, em caminhadas,
que acariciando tua orla, despe-se do estar
e encontra no outro seu próprio ser?

Ou seria então do já vivido momento,
contínuo e infindo nas mentes e histórias,
que de gestos curtos atrairia a volta
dos amantes tão completos e tão sinceros,
e que no fundo tanto desejo estar?

Lúcio Vérnon