terça-feira, 30 de março de 2010

Essências

video

Essência

Peito que titubeia em prantos,
esquece o tempo que falta,
e parte para novos delírios
de saudade plena e inerte.

Chora lágrimas cristalinas
envolvendo toda a alma
num acalanto e num sonho
que busca algo intocável.

As mãos sentem o tempo
que escorre, e imploram
uma presença improvável,
e esperada desde primordios.

Lúcio Vérnon.