domingo, 13 de março de 2011

Escorpião


Escorpião

Desejo de ti a picada,
teu mel viçoso
correndo em minha veia,
saciando a cobiça de um suave tocar.

Desejo de ti o perigo,
tua essência
esvaindo o meu corpo
embalando-o em prazer...

Desejo o teu toque
na crua carne,
mesmo que em segundos
a realidade se desfaça.

E desejo-te por cima
enquanto deito meu corpo
entregando-o ardente,
prazendo-me de teu veneno.

Lúcio Vérnon