domingo, 27 de outubro de 2013

Comparações




Estava no limite de entregar-se.
Tais curvas desenhavam traços
que de cigana, revelava o olhar
e os lábios de palavras firmes.

Transparente, como cristal
que se olha de um prisma 
temporal, completo, sem falhas
e tão perfeitamente lapidada.

Baiana, como convite
de hospitalidade oferecida
ao amigo, amante...
Como quem prova o desejo.

Estava morena qual dourada
cor de natural forma,
gingado e malícia quais palavras
que não conseguem descrever.
Lúcio Vérnon