domingo, 6 de outubro de 2013

Entre Danças






Sorrisos tímidos,
movimentos compassados,
velados desejos
e quase silenciosos em pensamentos.

Luzes  contornam tuas curvas
e revelam o brilho de tua pele
para que com a minha se una.
Contornando antigas memórias...

sorrisos tímidos e olhares cruzados...
o que será que pensam?
o tempo é pouco para aguardar
um momento semi perfeito.

seria possível então o acontecer?
incondicionalmente pleno...
... É tua face... Tua própria perfeição.
Sentido que não se faz...

Lúcio Vérnon